MEU DIA DE FÚRIA

Olhem, sei lá, há meses que estou puto com tudo que anda acontecendo no Flamengo. .

Se por um lado temos uma diretoria tentando estancar de forma heroica o sangramento financeiro do clube, por outro, vemos uma despreparo e letargia rubembarichelliana de todo comando do futebol. Confesso que estou ficando extremamente doente com o Flamengo.  Ele está me fazendo mal…

Juro, a partida contra o Atlético PR foi a gota d’água. Pensei que jamais veria algo igual ou pior que aquele jogo contra o Cruzeiro, mas enganei-me de novo, os caras conseguiram a  superarão… 

Ontem tive o enorme prazer de bater um longo papo com meu amigo Rocco Fermo, responsável pelo espaço de maior notoriedade sobre debates flamengos na internet (Buteco do Flamengo) e por incrível que pareça o sentimento dele é semelhante ao meu.  

Dá vontade de largar tudo, esquecer essa merda toda e virar torcedor de golf, hóquei…

Juro, pensei após aquele apito final em Macaé fazer o mesmo que o personagem de Michael Douglas fez em “Falling Down” (Um dia de fúria), soltar um míssil no vestiário rubro-negro e dizimar toda forma de vida fdp existente naquele local.

Não consigo acreditar que um técnico tão medíocre e bunda mole como o Ney Franco consiga dar padrão técnico/tático ao time ou mudar a postura infame dos jogadores.  Aliás, os caras estão completamente desconectados com a realidade do torcedor. Um bando de fdps ultrapassados, ganhando altos salários e cheios de privilégios.

Incrível como a letargia tomou conta do futebol…

Na CBF vimos ontem o escárnio na contratação do empresário de jogadores, Gilmar Rinaldi e no Flamengo, pelo menos no futebol, não anda muito diferente.  A razão de ser do torcedor, a célula mater deixou de ser prioridade para virar mero detalhe…   A impressão que temos é que o mundo pode acabar dentro do campo que os caras não estão nem aí, parecem ver tudo como algo “normal”.   Normal é o CACETE!

Sabem de uma coisa, da minha parte, acabou o amor. Acabou mesmo.  Sou ST, aliás, desde o primeiro dia de adesão, ajudo o clube  sem expectativa  de retorno pessoal e não deixarei de ajudar NUNCA, mas  a partir de hoje começarei a cobrar dessa gente e cobrar MUITO.

Já dizia meu velho: “Ver aquilo que está errado e não falar é ser no mínimo omisso”

Sorria, você é rubro-negro!

IMPRENSA VENDIDA PRA SP 

Anúncios

Deixe o seu comentário! Obrigado, BLOG FLAETERNO!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s